10 de abr de 2010

Arte da nossa terra

Existem algumas pessoas que são bons amigos, pessoas queridas, mesmo quando a gente não mantém um contato muito intenso. São pessoas com quem nos encontramos esporadicamente, mas com quem mantemos elos de carinho, respeito e muitas vezes admiração.
É assim que considero o artista plástico Charles Chaim, cujo talento está ultrapassando as barreiras de Uberlândia e chegando a cidades como Paris e Nova Iorque. Tenho o prazer de conhecê-lo desde os tempos em que cheguei a Uberlândia. E de ver sua trajetória como artista desde as primeiras experimentações. As tampas de pizza, as sacolas de plástico, os oratórios, as bonecas e agora os quadros estilizados de personalidades ligadas ao mundo das artes, em especial do cinema.
Charles também é uberlandino, como eu e como tantos. Seu talento cruza fronteiras mas ele não perde o jeito de ser, a atenção com as pessoas e o dom para a arte. Aliás, ele é ator e tem várias incursões pelas artes dramáticas.
Particularmente, tenho o prazer de ter na casa da minha mãe um quadro do Charles Chaim, que ocupa a sala da família e sempre traz à tona emoções de alguém que já se foi, mas é presente em nossas vidas. O artista o fez para que eu pudesse presentear minha mãe em um Natal, anos atrás. Jamais vou me esquecer o carinho e a prontidão.
Artistas são pessoas de alma sensível. Charles tem a sensibilidade de quem adora cinema, de quem vê arte nas coisas, nas conversas, nos livros, nas viagens, nos animais.
Dia desses vi uma foto dele ao lado de Daniel Azulay, com quem aprendi a desenhar na infância. Poucos devem lembrar-se dele, que tinha um programa na TV Cultura na década de 70 ou 80, onde ensinava às crianças os primeiros passos para uma carreira de artista. Eu não perdia uma edição, cheguei a dar minhas pinceladas, mas a vida me levou a exercitar outros dons.
Com certeza ouviremos muito falar sobre Charles. Uma grande pessoa e um grande artista.

Um comentário:

charles chaim disse...

Querida, agora que vi seu post do quadro...fiquei emocionado. Obrigado querida!!Só gente sensível como vc pra escrever dessa forma...obrigado mesmo, adorei!!!
bjs
saudade