13 de jun de 2010

Boa música em Uberlândia - Filarmônica de Minas Gerais

Desde criança, meus pais nos ensinaram a apreciar música. Em especial a música clássica. Eles nos levavam a concertos, a apresentações de música popular, a shows, cantavam muito em casa. Meu pai colecionava LPs vendidos em bancas de jornais, que traziam o melhor da música erudita, do jazz, dos grandes compositores da história mundial.

Uberlândia oferece constantemente oportunidades para os apreciadores da música instrumental, com concertos realizados no Teatro Rondon Pacheco. Quem fica de olho e gosta de música, aproveita.
A boa notícia para os amantes de música é que na próxima semana, dia 19 de junho, a cidade receberá a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, que se apresentará no novo teatro, ainda em construção (no final da avenida Rodon Pacheco). A iniciativa é da CTBC. O espetáculo começará às 20h30 e será gratuito. Além da apresentação em Uberlândia, serão realizadas outras duas, uma em Araguari e outra em Tupaciguara.

Programação
De acordo com informações da CTBC, o concerto começará com a execução do Hino Nacional, de Francisco Braga seguido por Danças Eslavas, de Antonin Dvorak. Em seguida, será executada a música Batuque, obra mais conhecida do brasileiro Oscar Lorenzo Fernandez. A peça é parte da suíte sinfônica Reisado do Pastoreio.
No repertório há ainda o Concerto para Flauta em Ré (1º mov.), de Mozart. Os dois concertos para flauta do célebre compositor austríaco Wolfgang Amadeus Mozart, – em sol maior e em ré maior –, foram escritos por encomenda.
De Tchaikovsky, a orquestra irá executar Romeu e Julieta, obra inspirada na história de William Shakespeare passada em Verona, na Itália. O encerramento terá duas composições do argentino Astor Piazzolla: Oblivion e Primavera Porteña.
Para encerrar, Il Guarany: Abertura, de Carlos Gomes. Em 1870, Gomes iniciou a brilhante carreira de compositor, estreando a ópera O Guarani no Teatro La Scala, em Milão, Itália. Pela primeira vez, conseguiu que a arte brasileira fosse reconhecida na Europa, destacando-se pela beleza da música e pela qualidade da composição.

Nenhum comentário: